Dia Mundial da Conscientização da doença de PARKINSON 
11 de abril de 2022
Traumatismo Craniano e TO
7 de maio de 2022

Meningite, aumento de casos preocupa 

Neisseria meningitidis or meningococcus are Gram-negative coccus bacteria that cause meningococcal meningitis. 3D rendering

Especialistas na área da saúde, reforçam a importância das vacinas que combatem as meningites, como a principal forma de prevenção. A baixa cobertura na imunização dos últimos anos preocupa especialistas. No Brasil, houve aumento de registros da doença, segundo  o Ministério da Saúde. Só nos primeiros três meses de 2022, foram notificados 141 casos.

A meningite meningocócica , causada pela bactéria Neisseria meningitidis e outros agentes infecciosos, a forma mais grave da doença, afeta as membranas que recobrem o sistema nervoso central, cérebro e medula espinhal. O tratamento é feito com antibióticos e pacientes que sobrevivem podem ter sequelas com danos neurológicos, perda de audição, dificuldades de aprendizagem e casos em que é necessário amputar membros. Já os tipos de meningite causados por vírus, fungos e parasitas, não levam a óbito. 

ATUAÇÃO DO TERAPEUTA OCUPACIONAL

A atuação do terapeuta ocupacional junto a uma equipe multidisciplinar ocorre no sentido de reabilitar as funções do paciente. A atividade pode ser desenvolvida nas áreas neurológica, ortopédica e mental. 

O tratamento identifica as funções básicas que estão comprometidas interferindo na sua independência, baseando o tratamento em abordagens de reabilitação motora e cognitiva.

Também é avaliada a necessidade de prescrição de equipamento e/ou adaptações ambientais, órteses para os membros superiores, cadeiras de rodas, adaptações posturais e recursos de tecnologia assistiva, permanentes ou transitórios.

Por isso, é fundamental o  tratamento precoce. Há evidências de que a maioria das pessoas acometidas com meningite conseguiram se recuperar. 

Caso de um bebê, que aos nove dias de vida, foi diagnosticado com meningite bacteriana e permaneceu duas semanas na UTI – Unidade de Terapia Intensiva, num hospital de Florianópolis. Ele sobreviveu a doença mas meses depois percebeu- se que era preguiçoso, não pegava as coisas na mão, não sentava sozinho e nem engatinhava. A criança foi encaminhada à fisioterapia e à terapia ocupacional. Brinquedos foram usados de forma funcional, para estimulá-lo e com o  tratamento a criança conseguiu sentar, rolar e pegar os objetos. Veja este e outros casos nos links abaixo. 

SINTOMAS MENINGITE 

A meningite viral é mais leve, tem sintomas bem parecidos com os de uma gripe ou resfriado e costuma ser tratada em até duas semanas, são eles : rigidez da nuca; a sensibilidade aumentada à luz; dor de cabeça; febre, vômitos. 

A situação fica mais grave quando a doença é causada por bactéria, já que o risco de comprometimento cerebral é maior. Nesses casos, é comum que seja necessária internação. Manchas vermelhas na pele são uma característica apresentada na meningite meningocócica.

DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO  

Para detectar a meningite, o médico pode solicitar exames de sangue para procurar bactérias na corrente sanguínea ou por meio de uma punção lombar. Assim como o diagnóstico, o tratamento da meningite deve ser realizado o mais rapidamente possível, na tentativa de evitar mortes ou sequelas neurológicas. 

IMUNIZAÇÃO 

Regularmente, a rede pública de saúde oferece, gratuitamente, vacina contra as formas mais graves de meningite, como a meningocócica.  Este ano, o Calendário Nacional de Vacinação também está oferecendo gratuitamente, até julho, a vacina meningocócica C (Conjugada) para crianças de até 10 anos, 11 meses e 29 dias de idade que não tenham nenhuma dose do imunizante registrada no cartão.

Outro ponto de atenção é quanto aos adolescentes. Em boa parte das vezes, indivíduos dessa faixa etária são portadores da bactéria meningococo, de forma assintomática, mas passíveis de transmissão a outras pessoas, sendo necessária atenção para que eles tenham o cartão de vacina em dia. 

Para prevenir contra a doença, além de manter atualizado o cartão de vacinas, são recomendadas medidas como:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão ou usar álcool gel;

– Manter higiene rigorosa dos utensílios domésticos;

– Não compartilhar objetos de uso pessoal;

– Cobrir a boca ao tossir e espirrar;

– Evitar contato direto à exposição de gotículas respiratórias e saliva de doentes.

– Sempre consulte um médico. 

#diameningite #meningite #meningococica #saude #vacina #terapiaocupacional #sequelas #diagnostico #tratamento

Referências : gov.br/saude/pt-br | https://paisefilhos.uol.com.br/noticias/bebe-com-meningite-meningococica-passa-mais-de-100-dias-internado-e-tem-superacao-emocionante/ | https://ndmais.com.br/noticias/terapia-ocupacional-para-reabilitar-funcoes/ | https://bvsalud.org/ | https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2022/02/28/por-meningite-ela-amputou-bracos-pernas-e-teve-80-da-pele-necrosada.htm

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

English EN German DE Portuguese PT Spanish ES
Posso ajudar?