Dia Mundial de combate à Tuberculose
25 de março de 2022
Dia Mundial da Conscientização da doença de PARKINSON 
11 de abril de 2022

Autismo e a Terapia Ocupacional

Muitas pessoas acreditam que autismo é uma doença e mesmo com todos os esforços das famílias e especialistas, para combater a desinformação, ainda existe uma grande barreira enfrentada: o preconceito. 

Não é uma deficiência ou uma doença!  O autismo engloba um transtorno – TEA Transtorno do Espectro Autista-  grupo de condições do neurodesenvolvimento, que se inicia na primeira infância, caracterizadas por diferenças na comunicação e interação social. Pessoas com TEA, geralmente demonstram interesses ou padrões de comportamento restritos e repetitivos.

Nesse sentido, a Terapia Ocupacional  propõe intervenções extremamente úteis para minimizar os sintomas típicos do autismo, desde o primeiro diagnóstico às demais fases da vida trabalhando a aprendizagem, relacionamentos familiares e a sociabilidade. Veja adiante.

MENOS DISCRIMINAÇÃO E MAIS INCLUSÃO

Este mês, conhecido como Abril Azul, pretende chamar a atenção da sociedade  sobre a inclusão de pessoas com autismo combatendo atitudes preconceituosas. Campanhas de informação e diversas ações promovidas por entidades civis e governamentais estão acontecendo. O Dia Mundial de Conscientização do Autismo é celebrado anualmente em 2 de abril, data criada pela ONU –  Organização das Nações Unidas, em 2007.

AUTISMO NO MUNDO E NO BRASIL

O Transtorno  do Espectro do Autista TEA atinge de 1% a 2% da população mundial e, de  acordo com dados levantados pela Universidade de São Paulo (USP), estima-se que no Brasil existam cerca de 2 milhões de autistas. 

Embora o autismo não possua causas totalmente conhecidas, há evidências relacionadas à predisposição genética,  infecções durante a gravidez e mesmo fatores ambientais, no desenvolvimento do distúrbio. 

DIAGNÓSTICO E DETECÇÃO PRECOCE

O diagnóstico clínico do autismo só pode ser feito a partir dos três anos de idade mas, os primeiros sinais de TEA na criança podem ser percebidos, entre os seis e doze meses de vida, em casa mesmo, pelos próprios pais. É o que afirmam pesquisadores da Universidade de Miami, nos Estados Unidos. 

A detecção precoce, segundo eles, está relacionada à comunicação não verbal. Um exemplo é o modo como o bebê olha para objetos, o jeito como ele pede o que deseja e como reage, quando lhe apontam para alguma direção, sem  interesses, emoções ou afetos.  

É essencial a análise de uma equipe multiprofissional composta por fonoaudiólogo, neuropediatra, psicólogo, terapeuta ocupacional e fisioterapeuta. Estes profissionais utilizam critérios para diagnóstico de TEA e níveis de intensidade ou necessidade de suporte : nível 1, necessidade de pouco apoio; nível 2 , necessidade moderada de apoio e nível 3, muita necessidade de apoio substancial.

COMO ATUA O TERAPEUTA OCUPACIONAL ?

As intervenções ocorrem também a partir dos três anos de idade, na integração de atividades, no dia a dia da criança, buscando satisfazer suas necessidades sensoriais reduzindo o excesso ou a falta de estímulo. O TO ajuda a criança a responder, de forma adequada, a luz, som, toque e cheiros e a gerenciar melhor corpo e espaço adaptando -se ao ambiente. 

Em outra fase, o tratamento busca auxiliar o paciente a realizar atividades cotidianas (ocupações) quando existem tais problemas. Essas atividades incluem tarefas de autocuidado (higiene, alimentação e vestuário); produtividade (trabalhar ou estudar); momentos de lazer (esportes, dança e pintura, por exemplo) e atividades sociais em geral.

Especialistas, revelam que as crianças  autistas estimuladas, apresentam  diminuição de comportamentos de autoagressão, aumento da concentração e capacidade de aprendizagem e podem se tornar jovens e adultos mais comunicativos e participativos. 

Mas, cada indivíduo demandará estratégias específicas, abordagens distintas e capacitação, sendo desta forma, o envolvimento da família essencial para a evolução no tratamento. É necessário além do engajamento nos cuidados terapêuticos, amor, carinho, perseverança, dedicação e união entre aqueles que rodeiam essas pessoas tão especiais. 

#abrilazul #autismo #autismoerealidade #terapiaocupacional #estimular #comunicacao #preconceito #autista #transtornodoespectroautista #maedeautista #autismoinfantil #autismobr #autismobrasil

crefito16.org.br

teammunifesp.com

isaude.com.br

sp.unifesp.br

tuasaude.com

autismorealidade.org

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

English EN German DE Portuguese PT Spanish ES
Posso ajudar?